Tribunal eleitoral da Nicarágua inabilita principal partido opositor a Daniel Ortega

Iniciado por noticias, 09, Agosto, 2021, 18:21

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Tribunal eleitoral da Nicarágua inabilita principal partido opositor a Daniel Ortega

Na véspera, a candidata à vice do Cidadãos pela Liberdade foi presa sob a acusação de terrorismo. Ela se tornou a oitava adversária presa e impossibilitada de concorrer às eleições de novembro.  Daniel Ortega, presidente da Nicarágua, em foto no dia da Independência do país, 15 de setembro
Presidência da Nicarágua/Cesar Perez/Handout via Reuters
O tribunal eleitoral da Nicarágua inabilitou nesta sexta-feira (6) o partido Cidadãos pela Liberdade (CxL, de direita) que liderava uma aliança da oposição contra a reeleição do presidente Daniel Ortega nas eleições de 7 de novembro.
A decisão do Conselho Supremo Eleitoral (CSE), divulgada em meios oficiais, anulou a pessoa jurídica do partido político, o impossibilitando de concorrer.
Na véspera, a candidata à vice do CxL, a ex-miss Berenice Quezada, foi presa sob a acusação de terrorismo e foi considerada inabilitada para concorrer às eleições.
LEIA TAMBÉM
Sandra Cohen: Chapa política encabeçada por contrarrevolucionário e ex-miss desafia o regime de Ortega
Entenda a lei que fecha o cerco aos opositores de Ortega
Ela se tornou a oitava adversária presa e impossibilitada de concorrer às eleições de novembro.
Berenice Quezada durante discurso em 28 de julho de 2021
Maynor Valenzuela/Reuters
Sem nenhuma experiência política, ela integrava a chapa lançada na semana passada com o ex-contrarrevolucionário Óscar Sobalvarro, que nos anos de 1980 comandou a luta armada contra os sandinistas.
A formação da chapa do CxL pelo ex-chefe militar e a ex-miss surpreendeu os nicaraguenses, mas acabou solapada pelo regime supostamente por declarações de Berenice Quezada em apoio aos protestos de 2018 e à falta de condições eleitorais no país
Nos últimos dois meses, pelo menos 30 opositores políticos foram encarcerados ou obrigados a fugir da Nicarágua. A perseguição chegou ao ponto de a Aliança Cidadãos pela Liberdade, que se opõe ao regime, manter sob sigilo sua lista de candidatos para escapar de represálias.
Com a prisão de Quezada, Ortega se apresenta, sozinho, ao quarto mandato consecutivo.
Nicarágua: regime de Daniel Ortega prende novo opositor
Em Nicarágua, regime de Daniel Ortega prende novo opositor

Source: Tribunal eleitoral da Nicarágua inabilita principal partido opositor a Daniel Ortega

Similar topics (5)