Após furacão, Trump falou em 'vender' Porto Rico, diz ex-secretária dos EUA

Iniciado por noticias, 13Julho2020, 15:00

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Após furacão, Trump falou em 'vender' Porto Rico, diz ex-secretária dos EUA


   Elaine Duke, que foi secretária de segurança interna dos EUA, disse que o presidente falou em 'desinvestir' a ilha de Porto Rico, que é um território americano. Destroços de um supermercado destruído pelo furacão Maria em Guayama, Porto Rico, em foto de 20 de setembro de 2017
Reuters/Carlos Garcia Rawlins
Após Porto Rico, um território dos Estados Unidos, ter sido devastada por um furação, em 2017, o presidente Donald Trump chegou a falar em "vender" ou "desinvestir" a ilha, de acordo com Elaine Duke, que foi secretária de segurança interna do país.
Furacão Maria deixou mais 4.600 mortos em Porto Rico em 2017, diz estudo
Ela deu uma entrevista ao "The New York Times" que foi publicada no sábado (11).
"As ideias iniciais do presidente eram mais de um homem de negócios: 'A gente pode terceirizar a eletricidade? Podemos vender a ilha? Sabe, ou desinvestir esse ativo'", ela descreveu.
Furacão Maria deixou 70 vezes mais mortos do que o governo de Porto Rico reconhece
A ideia de vender Porto Rico nunca foi levada a sério ou discutida, segundo Duke.
Segundo a reportagem, ela diz ter ficado frustrada com a resposta do presidente Trump e dos principais assessores após o Furacão Maria, que atingiu a ilha em 2017.
Quando o furacão se aproximava do território, ela pediu para que fosse decretado um estado de emergência. Ela tentou falar sobre isso com o diretor de orçamento da presidência, Mick Mulvaney, que teria dito que ela era muito sentimental. "Deixe de ser tão sentimental, Elaine, não é sobre as pessoas, é sobre o dinheiro", ele teria dito a ela.
Um estudo da Universidade de Harvard apontou que o furacão Maria, que devastou Porto Rico em setembro de 2017, deixou mais de 4.600 mortos, um número quase 70 vezes superior ao balanço oficial de falecidos.
O estudo determinou que o número de mortos durante os três meses posteriores ao furacão foi de 4.645 entre o dia do furacão, 20 de setembro e 31 de dezembro de 2017, número muito acima das 64 vítimas fatais registradas no balanço oficial.
Os especialistas da Universidade de Harvard afirmam que o número aumentou com os cortes de energia elétrica e a devastação generalizada provocada pela tempestade, que deixou US$ 90 bilhões em danos e é considerada a terceira mais cara nos Estados Unidos desde 1900.

Source: Após furacão, Trump falou em 'vender' Porto Rico, diz ex-secretária dos EUA

Similar topics (5)