China manda equipe que inclui médicos para assessoria em relação a Kim Jong-un, diz agência

Iniciado por noticias, 27Abril2020, 09:05

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

China manda equipe que inclui médicos para assessoria em relação a Kim Jong-un, diz agência


   Fontes disseram à Reuters que uma comitiva que inclui autoridades chinesas viajou à Coreia do Norte. Real estado de saúde do ditador ainda é desconhecido após rumores sobre uma cirurgia. Última aparição pública de Kim Jong-un, ditador da Coreia do Norte, é uma fotografia em que aparece vistoriando aviões militares datada de 12 de abril
KCNA/via Reuters
A China enviou uma equipe que inclui médicos à Coreia do Norte para assessorar o país em relação ao ditador Kim Jong-un, informaram três fontes à agência Reuters nesta sexta-feira (24).
A viagem da comitiva, que também inclui autoridades chinesas, ocorre em meio a relatos divulgados na imprensa ocidental de que o norte-coreano está em tratamento após passar por cirurgia cardiovascular (leia mais no fim da reportagem).
Segundo a Reuters, não é possível determinar nada sobre a saúde de Kim Jong-un apenas com os relatos da visita da comitiva chinesa ao ditador da Coreia do Norte.
As especulações sobre o estado de saúde de Kim continuam porque, segundo a agência sul-coreana Yonhap, o jornal oficial do regime norte-coreano não deu nenhuma notícia sobre as atividades do ditador na edição desta sexta.
O que se sabe sobre o estado de Kim
Kim Jong-un, durante reunião do Comitê Central do Partido dos Trabalhadores da Coreia do Norte
STR / KCNA / Via KNS / AFP Photo
Os rumores sobre o estado de saúde de Kim começaram quando, em 15 de abril, ele faltou às comemorações de aniversário de 108 anos de Kim Il-Sung — avô do atual ditador e considerado até hoje o "Grande Líder" da Coreia do Norte, mesmo morto em 1994.
Dias depois, um site mantido por desertores do regime afirmou que Kim havia passado por um "procedimento cardiovascular". Além disso, fontes da Casa Branca chegaram a dizer à imprensa dos EUA que o estado de Kim era grave.
Entretanto, a informação não foi confirmada pelos governos de países que monitoram a Coreia do Norte, como a Coreia do Sul, o Japão e a China — este, o maior aliado do governo norte-coreano. Posteriormente, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse acreditar que as notícias sobre o estado de saúde de Kim eram falsas.
Considerado um dos regimes mais fechados do mundo, o governo da Coreia do Norte não fez menção alguma ao estado de saúde de Kim. As publicações mais recentes da mídia estatal KCNA dão conta de relatos sobre mensagens enviadas pelo ditador a outros chefes de estado aliados do norte-coreano.
É a primeira vez que Kim fica sem aparecer publicamente?
Imagens divulgadas pela agência governamental de comunicação da Coreia do Norte mostram Kim Jong-un em um cavalo, em 2019
Divulgação
Não. Segundo a agência sul-coreana Yonhap, houve outras situações em que o ditador saiu de cena por mais tempo. No início deste ano, por exemplo, ele não apareceu em público por 21 dias.
Além disso, em 2014, ele ficou quase um mês sem dar notícias e reapareceu mancando. Depois de voltar, houve a confirmação de que Kim havia passado por uma cirurgia para retirar um cisto de seu tornozelo.
NICARÁGUA: Presidente ficou mais de 1 mês sem aparecer durante pandemia de coronavírus

Source: China manda equipe que inclui médicos para assessoria em relação a Kim Jong-un, diz agência

Similar topics (5)