Autor Tópico: QLED, OLED ou OLED-W??? (A guerra das TVs!)  (Lida 212 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline marcosbr

  • Vivendo e Aprendendo!
  • Administrador
  • *
  • Mensagens: 920
  • Country: br
  • Karma: +4/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
QLED, OLED ou OLED-W??? (A guerra das TVs!)
« em: Junho 28, 2017, 19:14:13 pm »
Durante a CES 2017 (Consumer Electronic Show), que aconteceu em janeiro, Samsung e LG apresentaram suas novidades no segmento de TVs. A primeira mostrou sua nova tecnologia de telas, a QLED. Já a segunda mostrou um aprimoramento da já existente tecnologia OLED.

Ambas as tecnologias prometem travar uma batalha épica no mercado, disputando cada um dos clientes. Neste artigo iremos explicar as diferenças entre as duas tecnologias e as suas respectivas vantagens.

QLED



QLED é a sigla para Quantum Dot Light Emitting Diodes. Ela foi desenvolvida pela Samsung que apresentou a novidade na CES 2017, uma das maiores feiras de eletrônicos do mundo. A tecnologia é baseada nos famosos pontos quânticos, que são minúsculos cristais que absorvem determinadas frequências de luz e emitem outras, conforme a necessidade.

Os pontos quânticos, ou quantum dots (QD), em inglês foram usados para melhorar a qualidade das telas LCD e LED e, assim, darem sobrevida à tecnologia. Porém, nas mãos da sul-coreana Samsung, os pontos quânticos deram origem as TVs QLED.

A principal vantagem desse tipo de tela é que ela promete reproduzir 100% das variações de cores do padrão DCI-P3 em qualquer nível de luminosidade. Isso significa que você pode ajustar o brilho no máximo e, ainda assim, a TV QLED irá mostrar cores fiéis à realidade.
Além de serem capazes de reproduzir a totalidade das variações de cores, as TVs QLED possuem um brilho impressionante. Os modelos que estavam em demonstração alcançavam uma faixa de 1.500 a 2.000 nits (índice de brilho) nos picos de luminosidade. A média é de apenas 1.000 nits. Isso faz com que as TVs QLED se saiam bem em qualquer tipo de iluminação ambiente.
Outra vantagem dessa tecnologia é o seu ângulo de visão. Ela pode compensar os reflexos criados pela luz ambiente e, desta maneira, exibir uma imagem perfeita tanto se olhada de frente quanto de lado. Além disso, as telas QLED têm potencial de consumir metade da energia das OLED tradicionais e de terem um custo de produção menor.

A tecnologia QLED pôde ser vista na CES deste ano por meio dos televisores Q7, Q8 e Q9, que possuem uma tela de 65 polegadas e resolução 4K. Infelizmente, ainda não há previsão de quando essas TVs chegarão às lojas brasileiras e nem o seu preço. Mas podemos ter certeza que serão bem caras.

OLED


A tecnologia OLED (Organic Light Emitting Diodes) é um pouco mais antiga e já é utilizada até por outras fabricantes. Mas quem está investindo pesado é a LG. A grande diferença entre um display OLED de um QLED é que o primeiro não precisa de um painel adicional de LED, chamado de backlight.


Isso é possível graças aos diodos orgânicos emissores de luz, que são responsáveis por emitir e controlar sua própria luz e, por isso, não precisam do auxílio do backlight.

Com a exclusão desse item, que é obrigatório inclusive nas novíssimas TVs QLED, a LG pode fabricar televisores absurdamente finos. A série W, por exemplo, tem apenas 2,6 milímetros de espessura. O “W” vem de “wallpaper”, ou papel de parede. Daí você já tem ideia de quão fina ela é.

O televisor é projetado já para ficar preso à parede e não possui sequer um pedestal ou apoio para mesa. Ele se fixa à parede por meios de hastes com ímãs. Sua instalação se assemelha a de um quadro.

Os altos falantes também saíram. Agora o áudio das TVs OLED da LG são transmitidos por uma espécie de soundbar que fica separada do display. É nesse acessório que também ficam as diversas entradas, como HDMI e USB.



As TVs OLED, em geral, tem menos brilho e um ângulo de visão menor quando comparada com uma TV QLED. A linha W da LG não tem previsão de chegar ao Brasil e o preço também não foi divulgado ainda.

Resumindo...

As TVs QLED da Samsung possuem uma qualidade de imagem melhor e mais ângulo de visão, mas são um pouco mais conservadoras no que se refere a design. Já as novas TVs OLED da LG encantam os olhos com sua espessura finíssima e design inovador. Mesmo assim, ainda é cedo para dizer qual tecnologia levará a melhor.

  Ai a Sony entrou nesta briga...


A tecnologia QLED está, por enquanto, apenas em aparelhos da Samsung. Já o OLED é adotado também por outras empresas. Na feira de tecnologia em Las Vegas, a que mais chamou atenção fora dos domínios coreanos foi a da japonesa Sony. A nova linha de TVs Bravia OLED tem uma curiosa tecnologia que reverbera o áudio na própria tela e dispensa caixa de som.

  Ela tem um sistema desenvolvido pela Sony chamado Acoustic Surface (superfície acústica). “A própria superfície ressoa um som emanado pela própria tela”, explica a empresa.
Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta. (Chico Xavier)

 

Sexta vitória consecutiva para a tecnologia OLED da LG

Iniciado por marcosbrQuadro LEIA SEMPRE AQUI!

Respostas: 0
Visualizações: 134
Última mensagem Agosto 17, 2017, 20:00:09 pm
por marcosbr
A paz queremos com fervor, a guerra só nos causa dor!

Iniciado por marcosbrQuadro LEIA SEMPRE AQUI!

Respostas: 0
Visualizações: 359
Última mensagem Dezembro 08, 2016, 20:51:21 pm
por marcosbr