Yulia Tymoshenko, ex-premiê da Ucrânia, testa positivo para Covid-19, diz agência

Iniciado por noticias, 24Agosto2020, 21:00

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Yulia Tymoshenko, ex-premiê da Ucrânia, testa positivo para Covid-19, diz agência


   "A condição é considerada séria, ela tem febre e temperatura de 39ºC", disse porta-voz de seu partido, sem dar mais detalhes. Yulia Tymoshenko acena aos eleitores em ato da campanha presidencial em Kiev, capital da Ucrânia
Vasily Fedosenko/Reuters
A ex-primeira-ministra da Ucrânia Yulia Tymoshenko testou positivo para a Covid-19, segundo informações da agência Reuters. "A condição é considerada séria, ela tem febre e temperatura de 39ºC", disse porta-voz de seu partido, sem dar mais detalhes.
A ativista política liderou movimentos pró-Europa nas últimas décadas, com discursos duros contra a corrupção. Nas últimas eleições, ela chegou inclusive a liderar com folga as pesquisas, mas despencou à medida em que perdeu votos para o vencedor e atual presidente, Volodymyr Zelensky.
Histórico
Tymoshenko tem 59 anos e foi premiê da Ucrânia por dois mandatos, em 2005 e de 2007 a 2010. Dali em diante, revelou-se uma líder opositora radical contra o regime de Viktor Yanukovitch, eleito em 2010. Tymoshenko foi derrotada por ele, por pequena margem, na eleição presidencial.
Em 2011, foi condenada a sete anos de prisão por firmar como chefe de governo um acordo sobre gás com a Rússia em condições consideradas desfavoráveis para a Ucrânia. Também foi acusada de cumplicidade no assassinato de um deputado, o que sempre negou.
Tymoshenko foi libertada após uma grave crise social e política que assolou o país, quando o governo do então presidente Yanukovich desistiu de assinar um acordo de livre-comércio e associação política com a União Europeia (UE), alegando que buscaria relações comerciais mais próximas com a Rússia, seu principal aliado.
Oposição e parte da população foram às ruas contra a decisão, em protestos violentos que deixaram mortos. Em 22 de fevereiro de 2014, as manifestações culminaram na destituição do contestado presidente pelo Parlamento e no agendamento de eleições antecipadas para 25 de maio.
Pandemia separa pais de bebês gerados em barrigas de aluguel na Ucrânia

Source: Yulia Tymoshenko, ex-premiê da Ucrânia, testa positivo para Covid-19, diz agência