Mensagens recentes

Páginas: 1 ... 8 9 [10]
91
Cartinha de Natal amarrada a balão voa do México até as mãos de alpinista nos Estados Unidos


   Lista de pedidos ao Papai Noel escrita por garota foi levada pelo vento até a Patagônia, no Arizona. Ao encontrar a menina, Randy Heiss e a esposa apresentaram-se como ajudantes do Papai Noel.  Dayami ao lado da irmã mais nova e dos primos antes de soltar o balão com pedidos ao Papai Noel
Reprodução/Facebook
O Natal será mais feliz para duas meninas no México. Dayami, a mais velha, de 8 anos, enviou uma cartinha com pedidos de presentes ao Papai Noel presa a um balão vermelho - que acabou nas mãos de um alpinista do Arizona, nos Estados Unidos.
Segundo informações do jornal Washington Post, Randy Heiss caminhava próximo a sua fazenda na Patagônia, no Arizona, quando encontrou resquícios do balão já desbotado e um pedaço de papel amarrado a ele.
A caligrafia infantil e a lista numerada de desejos levaram Heiss a acreditar que o recado acompanhado do nome de Dayami era destinado ao "bom velhinho". Por isso, decidiu sair em busca da menina.
Considerando fatores como a direção e a velocidade do vento, o alpinista supôs que o balão teria vindo de Nogales, no México, a cerca de 32 quilômetros dali.
Initial plugin text
Ele entrou em contato com uma emissora de rádio local de Nogales, pedindo ajuda para encontrar a garotinha - e deu certo.
Heiss e sua esposa estiveram com as meninas, apresentando-se como ajudantes do Papai Noel para não estragar a magia do Natal, e não apenas compraram todos os desejos da lista, mas também deram presentes para a irmã mais nova de Dayami.
Source: Cartinha de Natal amarrada a balão voa do México até as mãos de alpinista nos Estados Unidos
92
LEIA SEMPRE AQUI! / Se ligue nos links (22 de dezembro)
« Última mensagem por noticias em 23,Dezembro, 2018, 21:03:27 pm »
Se ligue nos links (22 de dezembro)

[html]
    Soldados dos EUA patrulham área durante ação conjunta em Manbij, na Síria, em 1º de novembro
Courtesy Zoe Garbarino/U.S. Army/Handout via Reuters
1) Na Atlantic, Hassan Hassan explica por que retirar as tropas americanas da Síria é um erro e sugere que o presidente Donald Trump deveria ter adotado outra estratégia. No Washington Post, Max Boot argumenta que a medida foi um presente a rivais dos Estados Unidos, como Rússia ou Irã.
2) O Lawfare Blog relembra a história do dossiê preparado pelo espião inglês Christopher Steele com acusações sobre o envolvimento de agentes russos na campanha eleitoral americana de 2016
O presidente Xi Jinping caminha para fazer um discurso durante uma sessão do congresso no Grande Salão do Povo em Pequim, na China
Damir Sagolj/Reuters
3) Na Foreign Policy, Bruno Maçães vislumbra o futuro do planeta quando a China tiver concluído sua iniciativa de infra-estrutura integrando Europa, Ásia e África, conhecida como Um Cinturão, Uma Estrada. Também na Foreign Policy, Tanner Greer desvenda a corrupção e os interesses políticos que tomaram conta do projeto concebido pelo presidente Xi Jinping, cujos erros são também analisados em estudo do Center for Strategic and International Studies.
Líderes da União Europeia participam em outubro do segundo dia da cúpula do Conselho Europeu em Bruxelas, na Bélgica, com foco em migração e segurança interna
Stephanie Lecocq/AFP
4) No Project Syndicate, Richard Haass diz que a Europa foi abandonada por Trump e precisará doravante cuidar sozinha de seus próprios interesses. Também no Project Syndicate, Zali Laidi analisa as perspectivas para as eleições parlamentares europeias de maio de 2019. Ainda no Project Syndicate, Slawomir Sierakowski descreve por que o partido nacionalista Lei e Justiça (PiS), que ocupa o poder na Polônia, deverá ser derrotado nas eleições.
5) No New York Times, Walt Bogdanich e Michael Forsythe contam como a consultoria McKinsey tem sido cúmplice na ascensão e no êxito de regimes autoritários mundo afora.
Soldado da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD) incinera maconha, em Assunção
Jorge Adorno/Reuters
6) Também no New York Times, Ernesto Londoño narra como o tráfico e a guerra entre facções criminosas brasileiras se expandiu para o vizinho Paraguai.
7) Na New York Review of Books, Jacob Heilbrunn desvenda as razões do naufrágio da revista conservadora americana Weekly Standard.
Logotipos das redes sociais Facebook e Twitter em uma vitrine de loja em Málaga, Espanha
Jon Nazca/Reuters
8) No Ribbon Farm, Renee DiResta argumenta que a estratégia dos defensores da imprensa e da democracia nas redes sociais lembra a Linha Maginot francesa na Segunda Guerra, facilmente rompida pelos nazistas. Na Wired, Zeynep Tufecki afirma que apenas uma mudança no modelo de negócios dependente de publicidade levará o Facebook a mudar de comportamento e assumir sua responsabilidade na crise das democracias. No Medium, Jonathan Albright mergulha na organização sombria dos grupos políticos do Facebook.
Sheryl Sandberg, vice-presidente de operações do Facebook, em discurso a alunos da Universidade Harvard
Brian Snyder/Reuters
9) No BuzzFeed, Caroline O’Donovan pergunta o que aconteceu com o feminismo da executiva do Facebook Sheryl Sandberg, que cinco anos atrás pensava em mudar o mundo com seu livro e movimento Lean In, depois parece ter esquecido o assunto.
Cheque dado pelo professor Donald Knuth a quem encontra erros em seus livros, uma das mais almejadas honras na ciência da computação
Rogerio Ruivo/Arquivo Pessoal
10) No New York Times, Siobhan Roberts traça o perfil de Donald Knuth, autor do mais importante livro da ciência da computação, The art of computer programming, comparado aos 80 anos ao personagem Yoda, de Guerra nas estrelas.
11) A New Yorker e a Tablet resenham a nova biografia do arquiteto americano Philip Johnson, nazista até a Segunda Guerra, depois capaz de convencer o mundo de que havia mudado, a ponto de fazer projetos para o recém-fundado Estado de Israel.
Ruínas do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, destruído por incêndio no domingo 3/9
Reuters/Ricardo Moraes
12) A Artsy noticia que o Google fez uma recriação virtual de como era o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, antes de ser consumido em setembro por um incêndio devastador.
Obra 'Les demoiselles d'Avignon', de Pablo Picasso, marco na história da arte
Reprodução/www.moma.org
13) Em entrevista
93
CIÊNCIA e RELIGIÃO! / 1000 Perguntas bíblicas e suas resposta!
« Última mensagem por marcosbr em 23,Dezembro, 2018, 15:09:16 pm »
Constantemente seu conhecimento é testado. Na escola, na politica, futebol, etc...
Você estuda na escola, na politica se informa sobre os candidatos, no futebol você procura conhecer seu time.
Para assuntos bíblicos, a coisa funciona da mesma maneira!
Vamos conhecer as perguntas bíblicas?
Neste PDF você vai encontrar 1000 (mil) perguntas e suas respostas!
Na educação secular, você aprende muito sobre Darwin e sua teoria evolucionista. A "criação" é coisa do passado... (segundo eles)
Mas para você que conhece um Deus e testifica sua existência... Seria muito bom ter respostas precisas com base bíblica!
Você estuda para tudo. A sua salvação também é uma prova!
Lembra do jogo do milhão? com este conteúdo você pode reunir uma turma e "brincar" de o jogo da salvação.
Bons estudos!


Baixe aqui: https://yadi.sk/i/D9wwTcfa478zUw


94
Procuradores da Argentina pedem julgamento de Cristina Kirchner e filhos por lavagem de dinheiro


   Investigação busca determinar ex-presidente recebeu pagamentos de empresários do setor de obras públicas através de contratos de hospedagem em um hotel. Cristina Kirchner deixa corte federal em Buenos Aires, em imagem de arquivo
Eitan Abramovich/ AFP
O Ministério Público da Argentina apresentou nesta sexta-feira (21) um pedido para que a ex-presidente e senadora Cristina Kirchner e outros 18 acusados, entre eles seus filhos, sejam levados a julgamento por suspeita de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.
O pedido está ligado a supostas irregularidades envolvendo empresários do setor de obras públicas através de uma empresa administrada pela família da atual senadora, no caso conhecido como Hotesur.
O pedido, assinado nesta sexta pelos procuradores Gerardo Pollicita e Ignacio Mahiques, alcança, entre outros, os filhos de Kirchner, Máximo e Florencia Kirchner, e o empresário Lázaro Báez, dedicado ao setor da construção, com vínculos muito estreitos com a família Kirchner e que está na prisão desde 2016 por outro caso.
Florencia e Máximo Kirchner, filhos da ex-presidente Cristina Kirchner
Francisco Munoz/ NA/OPI SANTA CRUZ/ AFP
Na investigação, os procuradores buscam determinar se a família da ex-presidente recebeu pagamentos por parte de empresários do setor de obras públicas através de contratos de hospedagem um hotel administrado pela companhia Hotesur, no qual Cristina Kirchner e seus dois filhos têm participação.
O caso teve início em novembro de 2014 por uma denúncia da então deputada opositora Margarita Stolbizer.
Em maio deste ano, o juiz responsável pelo caso, Julián Ercolini, processou Kirchner, seus filhos e sua sobrinha Romina Mercado, entre outros, por suposta lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.
Em novembro de 2017, a ex-presidente prestou depoimento por esse caso, negou todas as acusações e afirmou que as atividades da Hotesur tinham sido plenamente legais.
Nesta quinta, a Justiça da Argentina pediu a prisão preventiva de Cristina Kirchner por outro caso de suspeita de corrupção, conhecido como "cadernos das propinas",  uma rede de supostos subornos que envolve dezenas de empresários e ex-funcionários do governo.
Kirchner, no entanto, não foi presa porque tem foro parlamentar como senadora. Até agora, o Senado não discutiu o pedido do juiz Claudio Bonadio para retirar a imunidade da ex-presidente.
Source: Procuradores da Argentina pedem julgamento de Cristina Kirchner e filhos por lavagem de dinheiro
95
CIÊNCIA e RELIGIÃO! / Felicidades natalinas!
« Última mensagem por marcosbr em 22,Dezembro, 2018, 23:30:16 pm »

Não somente neste... Mas em todos os natais!
A felicidade é absoluta (ou deveria ser), mas o modo como somos felizes é relativo!
Você pode ser feliz vendo a alegria de outras pessoas, ajudando outras pessoas, a felicidade delas é sua!
A felicidade geralmente não é cara, não se compra nem se vende. Geralmente ela sempre esta pertinho de você.




Por isto temos aquela expressão quando a descobrimos tarde: Eu era feliz e não sabia!
Ela esta no amanhecer, na saúde, na família, na sua vida, e em coisas bem simples!
Se já usou esta expressão em algum momento... Deixo outra para você refletir:
Antes tarde do que nunca!
Seja feliz. Dinheiro ajuda, mas nem todo rico é feliz!


https://youtu.be/kzlEXuez96M

https://youtu.be/DulTcaGWxRA


 Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele.
 Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.
 Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.
 Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.    1 Timóteo 6:7-10
96
LEIA SEMPRE AQUI! / 'Venezuela não vai ter um Bolsonaro', diz Nicolás Maduro em discurso
« Última mensagem por noticias em 22,Dezembro, 2018, 15:01:26 pm »
'Venezuela não vai ter um Bolsonaro', diz Nicolás Maduro em discurso


   Maduro também chamou vice eleito, General Mourão, de 'louco da cabeça' e o desafiou: 'venha pessoalmente'. Nicolás Maduro, presidente da Venezuela, em reunião com Vladimir Putin
Maxim Shemetov/Reuters
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que o país "não vai ter um Bolsonaro", em referência ao presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro. Em discurso nesta quinta-feira (20), o venezuelano disse que o chavismo vai continuar "por muito tempo".
"A Venezuela não é o Brasil. Aqui não vai ter um Bolsonaro. Aqui será o povo e o chavismo por muito tempo", disse Maduro.
Além disso, Maduro voltou a atacar o vice-presidente eleito do Brasil, General Mourão, a quem chamou de "louco da cabeça" e "presidente paralelo".
"Aqui lhe espero, com milhões de homens e mulheres e com a Força Armada (...). Aqui lhe espero, Mourão, venha pessoalmente", desafiou Maduro em um inflamado discurso.
Maduro inicia em 10 de janeiro um segundo mandato, de seis anos, após ser reeleito em outubro em votação boicotada por opositores e denunciada por Estados Unidos, União Europeia e vários países da América Latina.
'Complô contra Venezuela'
Presidente venezuelano, Nicolas Maduro, fala no Palácio Miraflores, em Caracas, na terça-feira (12)
Marco Bello/ Reuters
O presidente da Venezuela voltou a acusar os Estados Unidos de liderarem um complô com o Brasil e a Colômbia. Segundo Maduro, os norte-americanos querem derrubá-lo e matá-lo. "Eu quero que o povo e as forças armadas estejam prontos para qualquer circunstância", discursou Maduro.
Maduro insistiu que o assessor de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, deu instruções para "provocações militares na fronteira" entre Venezuela e Brasil em uma reunião com Jair Bolsonaro.
Maduro tem elevado o tom contra Estados Unidos, Colômbia e Brasil, países que acusa de colocar em andamento um plano para derrubá-lo ou assassiná-lo. O venezuelano se prepara para iniciar um segundo mandato, a partir de 10 de janeiro, cuja legitimidade é questiona pela maior parte da comunidade internacional.
Segundo Caracas, o complô inclui o treinamento de tropas nos Estados Unidos para tomar bases militares na Venezuela, e de mercenários na Colômbia para simular ataques de tropas venezuelanas aos países vizinhos.
Para repelir qualquer incursão, Maduro ordenou armar "até os dentes a Milícia" e tornar a Venezuela "inexpugnável". O venezuelano destacou que o corpo civil auxiliar dos militares passou de 500 mil para 1,6 milhão de membros desde abril passado.
Itamaraty desconvidou Maduro
Representantes de Venezuela e Cuba são desconvidados para posse de Bolsonaro
Reprodução/JN
O Ministério das Relações Exteriores informou na segunda-feira (17) que convidou, e depois desconvidou, os chefes de Estado e de governo de Cuba e da Venezuela para a posse de Jair Bolsonaro em 1º de janeiro. A recomendação, segundo o Itamaraty, partiu da equipe do presidente eleito.
O Itamaraty divulgou a informação ao ser questionado pela GloboNews sobre a situação dos convites para a posse, em Brasília, dos presidentes da Venezuela, Nicolás Maduro, e de Cuba, Miguel Díaz-Canel.
Source: 'Venezuela não vai ter um Bolsonaro', diz Nicolás Maduro em discurso
97
REFRIGERAÇÃO E ELETRODOMÉSTICOS! / incentivo a profissionais e estudantes!
« Última mensagem por marcosbr em 22,Dezembro, 2018, 13:09:46 pm »
Muitos profissionais estão migrando para outros ramos.
A "compactação" de aparelhos, dificuldade de componentes, preços altos, etc. Esta contribuindo para isto!
Em muitos casos o técnico só trabalha trocando placas. (quando encontra)
Em pouco tempo a manutenção de TVs vai ficar inviável...
A cada dia sai um aparelho mais compacto, sem esquema, com travas e mais travas para abertura. Alguns fabricantes estão usando colas e fitas para dificultar a reparação.
Muito cuidado ao desmontar uma "tela" olhe bem se não tem colas ou fitas adesivas! (se não tem experiencia nem tente)
O monopólio industrial sonha cada vez mais com aparelhos "descartáveis"
Logicamente os técnicos "equipados" vão continuar... Mas nem todos tem ferramentas "indispensáveis" ao trabalho de hoje.
Mas vamos lá...
A eletrônica tem varias vertentes. Isto é fato e não para!
Com a refrigeração, eletrodomésticos, automóveis, etc. Esta acontecendo ao contrario...
Muitos profissionais destes ramos estão se complicando. Abrem o aparelho e se deparam com uma "placa/componente" que nunca viram nem sabem a função.
O controle remoto hoje em dia é peça fundamental em quase tudo! (somente como exemplo)



A pedidos, e mantendo nossa meta de "auxilio gratuito"
Esta aberto o fórum de REFRIGERAÇÃO E ELETRODOMÉSTICOS!
Dentro do possível... Auxiliaremos na identificação de componente, sua função no aparelho, auxilio com esquemas, etc...
Os  próximos tópicos já estarão com conteúdo dedicado a esta área!



Um bom natal, um final de semana excelente, e uma lembrança!
Estudo, conhecimento e boa vontade. São as "armas" de um bom profissional!



98
LEIA SEMPRE AQUI! / A odisseia de uma criança com deficiência para ir à escola na Indonésia
« Última mensagem por noticias em 22,Dezembro, 2018, 03:00:27 am »
A odisseia de uma criança com deficiência para ir à escola na Indonésia


   Garoto sonha em fazer faculdade e se tornar bombeiro, médico ou astronauta. Criança com deficiência usa sandálias para proteger as mãos e conseguir chegar à escola, na Indonésia
CANTIGIE NUR FERDINAND / AFP
Um menino de 8 anos, que sofre uma deficiência física severa, ficou famoso na Indonésia por percorrer seis quilômetros de um caminho de condições precárias para poder ir à escola – todos os dias.
Mukhlis Abdul Holik, que não pode ficar de pé, percorre uma distância de cerca de seis quilômetros até a escola rastejando ou caminhando em suas mãos, que ele protege com sandálias. Os pés deformados e as pernas curtas não permitem que ele alcance mais do que a altura do quadril de seus colegas de classe.
Menino indonésio com deficiência brinca com outras crianças no caminho para a escola
CANTIGIE NUR FERDINAND / AFP
Apesar da deficiência, ele consegue atravessar os mesmos caminhos pedregosos e passar pela mesma ponte de madeira que as outras crianças para chegar ao colégio, no oeste da ilha de Java, acompanhado por sua mãe.
"A estrada é íngreme, mas todo dia ele chega lá", explica Pipin, sua mãe, que, como muitos indonésios, tem apenas um nome.
"Quando temos dinheiro ele pega um moto-táxi, mas quando temos dificuldades, ele precisa se arrastar. Mas nunca reclama, faça chuva ou faça sol vai à escola", acrescenta.
Caminho para a escola é bastante irregular
CANTIGIE NUR FERDINAND / AFP
Encontro com presidente
A façanha do garoto atraiu atenção no país de 260 milhões de habitantes e possibilitou um encontro no início deste mês com o presidente Joko Widodo, no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.
"Quando nos conhecemos, perguntei a Abdul se ele queria alguma coisa", explicou o presidente em um comunicado. "Pensei que ele iria pedir um presente, mas ele apenas disse que queria ir para a faculdade", acrescentou.
"Quero ser bombeiro, médico ou astronauta", disse a criança à AFP.
Source: A odisseia de uma criança com deficiência para ir à escola na Indonésia
99
LEIA SEMPRE AQUI! / Canadá recomenda que maconha seja comprada com dinheiro para evitar problemas
« Última mensagem por noticias em 21,Dezembro, 2018, 09:01:25 am »
Canadá recomenda que maconha seja comprada com dinheiro para evitar problemas


   Órgão que garante privacidade dos cidadãos recomenda evitar uso de cartões de crédito para que informação pessoal não seja divulgada fora do país. Canadenses denunciam que já tiveram entrada nos EUA barrada após admitirem que são usuários da substância. Clientes fazem fila do lado de fora de loja depois que a maconha recreativa legal foi colocada à venda em St John's, no Canadá, em 17 de outubro
Chris Wattie/ Reuters
O órgão encarregado de garantir a privacidade dos cidadãos do Canadá aconselhou nesta quarta-feira (19) que não sejam utilizados cartões de crédito para comprar maconha, droga que passou a ser legalizada no dia 17 de outubro no país norte-americano.
O Escritório do Comissário de Privacidade do Canadá explicou em comunicado que, embora o consumo recreativo de maconha seja legal no país, "a cannabis é ilegal na maioria das jurisdições fora do Canadá. Por isso, a informação pessoal de usuários de cannabis é muito sensível".
"Alguns países podem inclusive negar a entrada a indivíduos se souberem que eles compraram cannabis, mesmo que de forma legal", acrescentou o órgão.
A instituição recomendou às pessoas que tenham dúvidas sobre o uso de sua informação que comprem maconha com dinheiro em espécie ao invés de usar cartões de crédito.
Países como os Estados Unidos advertiram que os agentes fronteiriços podem questionar os canadenses sobre o uso e a compra de maconha e podem negar a entrada a seu território de pessoas que admitam o consumo.
Desde que o consumo de cannabis foi legalizado no país, consumidores canadenses denunciaram casos em que foram barrados na fronteira com os Estados Unidos ao admitirem que são usuários de maconha.
Source: Canadá recomenda que maconha seja comprada com dinheiro para evitar problemas
100
Quadrilha incendeia casas e comércio em cidade do Paraguai na fronteira com o MS

Grupo com 30 pessoas estava armado com fuzis e granadas. Governo paraguaio vê envolvimento de facções brasileiras Moradores de Paranhos acordam ao som de tiros em cidade paraguaia vizinha
Um grupo de 30 pessoas armadas com fuzis e granadas incendiou três casas e uma loja de carros em Ypehú, no Paraguai – cidade na fronteira com Paranhos (MS). A ação ocorreu na madrugada desta quarta-feira (19), e, segundo a polícia local, não há relatos de mortos ou feridos.
O vice-ministro do Interior do Paraguai, Hugo Sosa Pasmor, disse que trabalha com a hipótese de o ataque ter ocorrido em meio a confronto entre facções brasileiras. O dono de uma das casas e da loja incendiada – identificado como Diego Peralta Alderete – tem ordem internacional de prisão por homicídio.
Initial plugin text
O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, ordenou nesta manhã o reforço no efetivo policial na cidade.
Como foi a ação?
A polícia do Paraguai informou ao G1 que os criminosos chegaram a Ypehú em cinco caminhonetes. Eles invadiram três casas e explodiram bombas para incendiá-las.
Em uma das casas invadidas, os criminosos renderam duas mulheres e um bebê de 6 meses. Uma delas é da família de Alderete – que, como disse o governo, tem mandado internacional de prisão por homicídio. Segundo a polícia, os três foram levados a uma praça no bairro enquanto o grupo incendiava a casa. Todos foram liberados em seguida, sem ferimentos.
O jornal paraguaio "Ultima Hora" contou que o ataque durou cerca de 30 minutos e ocorreu perto de um posto policial. Os policiais, inclusive, correram para o local da ação quando ouviram as detonações das bombas. No entanto, segundo a imprensa do Paraguai, eles saíram após os criminosos – em maior número – dispararem contra eles. Ninguém se feriu.
Segundo o Bom Dia MS, o som dos disparos foram ouvidos pelos moradores de Paranhos, município sul-matogrossense com cerca de 12 mil moradores. A cidade brasileira é separada de Ypehú – cidade com pouco mais de 7 mil moradores – apenas por uma estrada.
Source: Quadrilha incendeia casas e comércio em cidade do Paraguai na fronteira com o MS
Páginas: 1 ... 8 9 [10]