África do Sul celebra 30 anos do 'Dia da Liberdade', data que representa fim do apartheid

Iniciado por noticias, 05, Maio, 2024, 03:19

Tópico anterior - Tópico seguinte

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

África do Sul celebra 30 anos do 'Dia da Liberdade', data que representa fim do apartheid


     Data ficou conhecida como a primeira vez que milhões de sul-africanos negros puderam votar. África do Sul comemora o 30º aniversário do 'Dia da Liberdade' do Apartheid neste sábado (27)
Sul-africanos comemoram neste sábado (27) os 30 anos das primeiras eleições democráticas no país, que colocaram fim ao apartheid, e levaram Nelson Mandela à presidência, quatro anos após ter sido libertado da prisão.
O atual presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, classificou o apartheid como "uma ideologia que controlava todos os aspectos da vida das pessoas e humilhava os negros". Segundo ele, a vitória contra o regime é um dos "maiores feitos da história moderna".
Esse é o 30º aniversário do "Dia da Liberdade", que aconteceu em 27 de abril de 1994, quando foi abolida oficialmente a segregação racial na África do Sul. Na data, milhões de sul-africanos negros puderam votar pela primeira vez para eleger um representante.
Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa
ASSOCIATED PRESS
A segregação racial na África do Sul começou em 1948 e durou quase meio século. O regime opressor negava, entre outros direitos, permissão para votar a pessoas negras e não brancas por meio de leis baseadas em raça.
Em maio, os sul-africanos deverão eleger um novo parlamento. Atualmente, quem governa o país é o Congresso Nacional Africano (African National Congress, ANC, na sigla em inglês), que está no poder desde 1994.
Sul-africanos comemoram 30 anos do "Dia da Liberdade"
ASSOCIATED PRESS

Source: África do Sul celebra 30 anos do 'Dia da Liberdade', data que representa fim do apartheid
  • Visualizações 169 
  • LEIA SEMPRE AQUI!
  • 0 Respostas




Tópicos semelhantes (5)