Análise: A Terra é redonda e a história roda com ela

Iniciado por noticias, 06, Novembro, 2020, 15:00

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Análise: A Terra é redonda e a história roda com ela

Se for confirmado como novo presidente dos EUA, Biden terá pela frente um trabalho árduo para reverter os estragos da política ambiental negacionista de seu antecessor.  Mundo corre risco se aquecimento global não for contido, diz ONU
Reprodução/JN
Por ironia do acaso, 4 de novembro é a data da saída oficial dos Estados Unidos do acordo de Paris sobre o clima.  Tornam-se assim a primeira nação a abandonar um tratado internacional assinado por 195 países, depois das longas e complicadas negociações de 12 de dezembro de 2015, na COP-21.
Donald Trump anunciou publicamente o desligamento em 1º de junho de 2017.  Chocado, Emmanuel Macron deu o troco algumas horas depois: se dirigiu aos franceses em cadeia nacional, para informar que os Estados Unidos haviam dado as costas ao mundo e para reafirmar sua intenção de alçar a França a um protagonismo na luta contra a mudança climática, uma das maiores ambições de seu governo.  Aproveitou para convidar cientistas, empresários e cidadãos americanos engajados em projetos ambientais a virem trabalhar na França para realizações concretas:  "Vocês encontrarão na França um segundo país", disse o presidente francês.
Aquecimento global afetará saúde das novas gerações, diz relatório na revista The Lancet
Reuters/Yves Herman/File Photo
Como a Terra é inquestionavelmente redonda e seu aquecimento um fato cientificamente comprovado, Joe Biden repetidas vezes anunciou, durante a campanha, que sua primeira medida em escala internacional, caso se eleja presidente, será a simples reintegração dos Estados Unidos ao acordo abandonado.  Biden se posiciona ao lado da França nessa questão e, como Macron, quer um protagonismo nas questões ambientais, prometendo aplicar uma nova dinâmica de "descarbonização" da economia americana.  
Em casa, se confirmado como novo presidente dos Estados Unidos da América, Biden terá pela frente um trabalho árduo para reverter os estragos da política ambiental negacionista de seu antecessor.  No espaço de tempo que separa o anúncio de Trump da retirada americana do acordo de Paris até a sua entrada em vigor neste 4 de novembro, o jornal Washington Post contabilizou 125 retrocessos na legislação ambiental da era Trump, da anulação dos limites de emissão de poluentes dos veículos até o abandono das regras impostas à descarga de resídulos industriais.
Elizabeth Carvalho é correspondente da GloboNews e da TV Globo em Paris

Source: Análise: A Terra é redonda e a história roda com ela

Similar topics (5)