Caraguatatuba e São Sebastião registram aumento de mais de 100% nos casos de dengue em 2022

Iniciado por noticias, 11, Janeiro, 2023, 09:05

Tópico anterior - Tópico seguinte

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Caraguatatuba e São Sebastião registram aumento de mais de 100% nos casos de dengue em 2022


   Ubatuba e Ilhabela, por outra lado, tiveram uma queda no número de registros da doença. Caraguatatuba e São Sebastião registram aumento de mais de 100% nos casos de dengue em 2022
Acácio Pinheiro/Agência Brasília.
Caraguatatuba e São Sebastião registraram em 2022 uma alta de mais de 100% nos casos de dengue. Outras cidades do Litoral Norte de São Paulo, Ubatuba e Ilhabela tiveram uma queda nos registros da doença.
Maior cidade da região, Caraguatatuba teve uma alta de 225% nos casos. Foram 234 em 2022 contra 72 em 2021. Em São Sebastião o aumento foi de 148%, já que o número de munícipes que ficaram doentes partiu de 413 em 2021 para 1.024 em 2022. 
VEJA TAMBÉM:
São José dos Campos tem alta de 170% nos casos de dengue
Aumento de mais de 540% nos casos  acende alerta em Taubaté
Com a evolução dos registros, as duas cidades ligaram o sinal de alerta, principalmente porque durante o verão os dias são mais chuvosos, o que aumenta os riscos de água parada, cenário perfeito para que o aedes aegypti se reproduza.
Além disso, com a pandemia da covid-19, houve uma diminuição da percepção dos perigos da dengue.
Caraguatatuba e São Sebastião registram aumento de mais de 100% nos casos de dengue em 2022
SHUTTERSTOCK/KHLUNGCENTER
Queda
Por outro lado, Ubatuba e Ilhabela tiveram uma queda nos casos da doença em 2022.
Em Ubatuba, a diminuição foi de 59% - em 2021 foram 424 casos registrados contra 174 em 2022. Já em Ilhabela a queda foi de 43%, saindo de 943 em 2021 para 541 em 2022.
Sintomas
Entre os principais sintomas dos pacientes com dengue estão:
dor de cabeça
febre alta de 38°C
dor no corpo e articulações
falta de apetite
fraqueza
dor atrás dos olhos
manchas vermelhas no corpo
O mosquito africano Aedes aegypti é o transmissor da dengue, ou melhor, a fêmea do mosquito
Freepik
Cuidados necessários
não deixar água parada
usar telas em janelas
prevenir a proliferação do mosquito
descartar pneus velhos no local correto
colocar areia até a borda dos pratinhos das plantas
manter as calhas sempre desobstruídas
deixar a caixa-d'água sempre fechada e limpa
Mosquito Aedes aegypti em local com água parada
Prefeitura de Porto Velho/Divulgação
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina

Source: Caraguatatuba e São Sebastião registram aumento de mais de 100% nos casos de dengue em 2022
  • Visualizações 124 
  • LEIA SEMPRE AQUI!
  • 0 Respostas




Tópicos semelhantes (5)