Caso Henry: Defesa de Dr. Jairinho pede adiamento da reconstituição

Iniciado por noticias, 31Março2021, 21:00

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Caso Henry: Defesa de Dr. Jairinho pede adiamento da reconstituição


   Principal alegação dos advogados é de que a mãe do menino, Monique Medeiros, está em grave quadro depressivo. Reconstituição está marcada para esta quinta-feira (1). Monique Medeiros da Costa Almeida e Dr. Jairinho deixam a delegacia após 12 horas de depoimento sobre a morte do menino Henry Borel
Reprodução/TV Globo
Os advogados de defesa do vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, e da mulher Monique Medeiros, padrasto e mãe do menino Henry Borel, entraram com um pedido de adiamento da reprodução simulada (reconstituição) prevista para esta quinta-feira (30), às 14h, no apartamento onde o menino de 4 anos morreu no último dia 8 de março.
A principal alegação da defesa é de que Monique está em "grave estado de depressão" e, por isso, pediu que uma nova data seja marcada para depois do dia 12 de abril.
A Polícia Civil marcou a reprodução simulada e intimou o casal na tarde de terça-feira (30). No mandado constava uma advertência de que, caso os dois "não compareçam no dia, local e horário determinados, incorrerão no crime de desobediência".
Na petição, o advogado André França Barreto explicou que "não há tempo hábil para o assistente técnico dos requerentes preparar os quesitos e a participação no ato, essenciais à defesa".
O menino Henry Borel, de 4 anos,
Reprodução
Os advogados juntaram outras petições no inquérito conduzido pelo delegado Henrique Damasceno, titular da 16ªDP (Barra da Tijuca), que ainda não decidiu se vai atender o pedido da defesa.
Os advogados pediram também um laudo de ruído ambiental - em virtude do barulho de uma possível queda da cama, enquanto o casal assistia televisão no quarto ao lado.
Pediram também a participação de um assistente técnico designado pelo casal. Além de uma perícia de local no apartamento do pai do menino, o engenheiro Leniel Borel, e no carro usado por ele para levar o filho até o condomínio na noite do dia 7 de março.
Outro requerimento foi em relação à perícia de celulares, pela suposta 'ausência de lacre e do devido manuseio dos aparelhos', na apreensão realizada na última sexta-feira.

Source: Caso Henry: Defesa de Dr. Jairinho pede adiamento da reconstituição

Similar topics (5)