avatar_noticias

Coreia do Norte dispara provável míssil balístico a partir de submarino, dizem Coreia do Sul e Japão

Iniciado por noticias, 08, Maio, 2022, 17:02

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Coreia do Norte dispara provável míssil balístico a partir de submarino, dizem Coreia do Sul e Japão


   Lançamento aconteceu três dias antes da posse do próximo presidente sul-coreano, que admitiu tomar medidas mais duras contra o norte. Líder da Coreia do Norte,  Kim Jong-un discursa durante abertura do 8º congresso do partido único, em janeiro de 2021
STR / KCNA VIA KNS / AFP
A Coreia do Norte disparou um míssil balístico neste sábado (7), disseram Coreia do Sul e Japão, três dias antes da posse do presidente eleito sul-coreano Yoon Suk-yeol, que prometeu adotar uma linha dura contra o Norte.
Militares sul-coreanos disseram que a Coreia do Norte disparou o que se acredita ser um míssil balístico lançado por submarino (SLBM) no mar de sua costa leste por volta de 5h de Londres (2h de Brasília) no sábado de um submarino em torno de Sinpo, onde a Coreia do Norte mantém submarinos, bem como equipamentos para SLBMs de teste.
Ministro da Defesa do Japão, Nobuo Kishi, durante discurso neste sábado (7)
REUTERS TV
O ministro da Defesa do Japão, Nobuo Kishi, disse que o recente desenvolvimento da Coreia do Norte em tecnologia relacionada a mísseis nucleares e os repetidos lançamentos de mísseis balísticos ameaçam a região e a comunidade internacional.
"Isso é absolutamente inaceitável", disse ele a repórteres, acrescentando que o Japão continuará a "fortalecer drasticamente as capacidades de defesa" para proteger os cidadãos de tais ameaças à segurança.
Kishi disse que é possível que a Coreia do Norte complete os preparativos para testes nucleares ainda este mês e tome mais atos provocativos.
Isso estava de acordo com uma avaliação dos EUA de que Pyongyang estava preparando seu local de teste nuclear em Punggye-ri e poderia estar pronto para realizar um teste lá já neste mês.
Novo presidente na Coreia do Sul
Yoon Suk Yeol, novo presidente eleito na Coreia do Sul.
Lee Jin-man/Pool via REUTERS
Yoon toma posse na terça-feira. O presidente dos EUA, Joe Biden, visitará a Coreia do Sul e se reunirá com ele em 21 de maio, um dia antes de viajar para o Japão, onde se encontrará com o primeiro-ministro japonês Fumio Kishida.
"Isso visa o novo governo (do Sul) a partir da próxima semana e aplica pressão preventiva para assumir o controle da situação antes da cúpula EUA-Coreia do Sul", disse Yang Moo-jin, professor da Universidade de Estudos Norte-coreanos em Seul.
Yoon, em entrevista à Voice of America divulgada no sábado, disse que uma reunião com Kim Jong Un não está fora da mesa, mas precisaria ter resultados concretos.
"Não há razão para evitar o encontro" Kim, disse Yoon. "No entanto, se não formos capazes de mostrar nenhum resultado, ou se os resultados forem apenas para mostrar e não houver resultados reais na desnuclearização... isso não ajudará o relacionamento entre as duas Coreias a progredir."
Detalhes do lançamento
O Japão e a Coreia do Sul estimaram que o SLBM deste sábado voou até 50-60 km (30-40 milhas) e até 600 km (370 milhas).
Na quarta-feira, a Coreia do Norte disparou um míssil balístico em direção ao mar na sua costa leste, disseram Coreia do Sul e Japão, depois que Pyongyang prometeu desenvolver suas forças nucleares "na velocidade mais rápida possível".
"Em vez de aceitar convites para o diálogo, o regime de Kim parece estar preparando um teste tático de ogiva nuclear. O momento dependerá mais de quando os túneis subterrâneos e a tecnologia de dispositivos modificados estiverem prontos", disse Leif-Eric Easley, professor da Universidade Ewha. em Seul.
Segundo o docente, um sétimo teste nuclear seria o primeiro desde setembro de 2017 e aumentaria as tensões na península coreana, aumentando os perigos de erro de cálculo e falta de comunicação entre o regime de Kim e o novo governo Yoon.
Desenvolvimento nuclear dos norte-coreanos
No último mês, o líder norte-coreano Kim Jong Un prometeu acelerar o desenvolvimento do arsenal nuclear de seu país. Ele presidiu um enorme desfile militar que exibiu mísseis balísticos intercontinentais, bem como o que pareciam ser SLBMs sendo transportados em caminhões e veículos de lançamento. Leia história completa
Imagens do míssil balístico Hwasong-17 foram divulgadas em outubro de 2021 pela Coreia do Norte
Reprodução via Reuters
Em outubro, a Coreia do Norte testou um novo míssil balístico menor de um submarino, um movimento que analistas disseram que poderia ter como objetivo colocar em campo mais rapidamente um submarino de mísseis operacional.

Source: Coreia do Norte dispara provável míssil balístico a partir de submarino, dizem Coreia do Sul e Japão

Similar topics (5)