D. Pedro I fugiu de Portugal e veio para o Brasil ainda criança; vida do 1º imperador do país é cercada por curiosidades

Iniciado por noticias, 23, Agosto, 2022, 03:01

Tópico anterior - Tópico seguinte

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

D. Pedro I fugiu de Portugal e veio para o Brasil ainda criança; vida do 1º imperador do país é cercada por curiosidades


   D. Pedro I é conhecido por outro nome no país de origem. Monarca viveu 35 anos, se casou duas vezes e lutou em uma guerra pra defender o reinado da filha.  Reconstituição do rosto de Dom Pedro I, 1º imperador do Brasil.
D. Pedro I era filho de Dom João 6º e Carlota Joaquina. A viagem da família real para o Brasil, na verdade, foi forçada: eles fugiram da invasão do exército do francês Napoleão Bonaparte.
O 1º imperador brasileiro viveu 35 anos, teve dois casamentos, várias amantes e 13 filhos.
O imperador tinha fama de mulherengo e é lembrado por contrariar as ordens do pai (Rei de Portugal) no famoso "Dia do Fico", e ainda declarar a independência do país no mesmo ano.
 Em Portugal, Dom Pedro I também é conhecido, mas por outro nome.
Entenda na cronologia:
1808: aos 9 anos de idade,  D. Pedro I veio para o Brasil junto com a família real. Eles estavam fugindo do exército de Napoleão Bonaparte;
Em 1817 se casou com a princesa Leopoldina, com quem teve 7 filhos;
Era amante da Marquesa de Santos e teve 5 filhos com ela;
Tinha fama de mulherengo;
Em 1821, com o retorno de Dom João 6º a Portugal, foi nomeado príncipe regente do Brasil;
É o autor da famosa frase: "Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico". O motivo é que Portugal mandou que ele retornasse ao país de origem, mas ele decidiu permanecer por aqui;
Em 1822 declarou a independência do país, às margens do Rio Ipiranga, e se tornou o 1º imperador do Brasil;
Em 1826 ficou viúvo e se casou três anos depois com D. Amélia de Leuchtenburg, princesa da Baviera. Teve uma filha com ela;
Renunciou ao trono brasileiro em 1831 e foi pra Portugal, pra lutar na Guerra Civil Portuguesa contra o próprio irmão, Dom Miguel. Dom Pedro I estava defendendo o direito de sua filha (Maria 2ª) governar;
Venceu a guerra, mas ficou doente e morreu em 1834, de tuberculose, aos 35 anos de idade.
Conheça a história da paulistana Marquesa de Santos, amante de Dom Pedro I
Coração de Dom Pedro I chega ao Brasil nesta segunda-feira (22)
Dom Pedro I é lembrado por outro nome em Portugal
Em Portugal, D. Pedro I é conhecido como D. Pedro 4º e também como "Rei Soldado".
Ele foi declarado Rei de Portugal em 1826, depois da morte do pai, mas ocupou o posto por apenas dois meses, de março a maio daquele ano.
Nessa época, D. Pedro I ainda era imperador no Brasil e decidiu abdicar o trono português em favor da filha, Maria da Glória (Maria 2ª). Para assumir o reinado ela foi obrigada a se casar com o tio, Dom Miguel.
Mas tempos depois, D. Miguel se autoproclamou rei absoluto de Portugal, e começou uma guerra com D. Pedro I.
Por isso, em 1831, o imperador do Brasil deixou o trono para o filho, D. Pedro 2º (então com 5 anos de idade) e voltou a Portugal, para lutar na Guerra Civil Portuguesa.
D. Pedro I venceu a guerra. A filha dele, Maria 2ª, reinou até 1853.
Por que o coração de D. Pedro I fica na cidade do Porto?
Quando o monarca morreu, em 1834, o coração dele foi entregue à cidade portuguesa do Porto, onde o D. Pedro I lutou durante a guerra civil.
Ele liderou o "Exército Libertador" e ficou na cidade durante o Cerco do Porto, quando as tropas liberais de D. Pedro I ficaram cercadas pelo exército de D. Miguel. O cerco durou mais de um ano, de julho de 1832 a agosto de 1833.
No período em que esteve no Porto, D. Pedro I assistia à missa na Igreja da Lapa, local em que fica guardado o coração dele até hoje.
Coração de D. Pedro I.
Guilherme Costa Oliveira/ Câmara Municipal do Porto
No sábado (20) e domingo (21), a relíquia foi exposta pela primeira vez ao público no salão nobre da igreja e recebeu milhares de visitantes.
Os restos mortais de D. Pedro I foram trazidos de Portugal para o Brasil em 1972, nas comemorações dos 150 anos da Independência do país, e atualmente estão guardados no Monumento do Ipiranga, em São Paulo.
As negociações para a vinda do coração de Dom Pedro I ao Brasil
Coração de D. Pedro I está guardado a cinco chaves em mausoléu que fica na cidade do Porto, em Portugal

Source: D. Pedro I fugiu de Portugal e veio para o Brasil ainda criança; vida do 1º imperador do país é cercada por curiosidades
  • Visualizações 668 
  • LEIA SEMPRE AQUI!
  • 0 Respostas




Tópicos semelhantes (5)