Autor [EN] [PL] [ES] [PT] [IT] [DE] [FR] [NL] [TR] [SR] [AR] [RU] Tópico: Em reunião com Bolsonaro, presidente de Portugal defende acordo Mercosul-União Europeia  (Lida 12 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline noticias

  • Novo Amigo
  • *
  • Mensagens: 0
  • Karma: +0/-0
  • Bem vindo!
    • Ver Perfil
Em reunião com Bolsonaro, presidente de Portugal defende acordo Mercosul-União Europeia


   Marcelo Rebelo de Sousa teve reunião nesta quarta-feira com o novo presidente da República. Blocos negociam há duas décadas um acordo comercial. O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebe o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza, no Palácio do Planalto, em Brasília
Evaristo Sá/AFP
O presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou nesta quarta-feira (2) que defendeu em reunião com o presidente Jair Bolsonaro a assinatura do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul.
Sousa está em visita ao Brasil, onde acompanhou na terça (1º) a posse de Bolsonaro como presidente da República. Na manhã desta quarta, os dois se reuniram no Palácio do Planalto.
Após o encontro, o líder português afirmou que seu país faz "o que pode" para facilitar o acordo entre os dois blocos econômicos – o Mercosul é composto por Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai.
"Também se falou da relação União Europeia Mercosul e da importância de fechar esse acordo, que tem sido complexo, mas Portugal está permanentemente fazendo o que pode para fechar esse acordo, é muito importante para as duas partes", disse Sousa a jornalistas.
O Mercosul tenta há quase duas décadas selar um tratado de livre-comércio com países da União Europeia. Neste período, as conversas entre os blocos avançaram, recuaram, foram suspensas e retomadas.
O sucesso das negociações foi defendido ao longo do mandato do agora ex-presidente Michel Temer. O presidente português tem a mesma posição.
Sousa foi questionado por jornalistas sobre a posição de Bolsonaro em relação ao acordo, já que o novo presidente costuma citar a preferência por acordos bilaterais (entre dois países).
O presidente de Portugal citou que a "posição" de seu país leva em conta o "pragmatismo" nas relações exteriores.
"O pragmatismo obriga a que se tenha presente o que é útil, a ver além das relações bilaterais, também instrumentos de acordo multilaterais que, mesmo sem conteúdo ideológico, sem anteparo doutrinário, possam facilitar as exportações, o comercio, a circulação econômica e financeira", argumentou.
Sousa afirmou que a reunião foi "formalmente" e "substancialmente" muito boa. A situação das comunidades brasileira em Portugal e portuguesa no Brasil foi discutida. Ele destacou que "teoricamente" há 100 mil brasileiros no país europeu, porém na prática o número é maior.
Segundo o líder estrangeiro, as chancelarias dos dois países ficaram de acertar uma data, entre o final de 2019 e o início de 2020, uma visita de Bolsonaro a Portugal.
Mike Pompeo
Bolsonaro teve nesta quarta-feira as primeiras audiências com lideranças de governos estrangeiros depois que assumiu a Presidência da República. Antes, ele participou da cerimônia de transmissão de cargo de quatro ministros.
A primeira audiência de Bolsonaro foi com o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo. O novo chanceler, Ernesto Araújo, e os ministros Augusto Heleno (GSI) e Fernando Azevedo e Silva (Defesa) também participaram da reunião.
Mike Pompeo também esteve na manhã desta quarta em reunião com o ministro Ernesto Araújo no Palácio do Itamaraty. Após o encontro, Pompeo disse que EUA e Brasil compartilham um "profundo desejo" de retorno da Venezuela à democracia.
Após a audiência com Pompeo, Bolsonaro recebeu o presidente de Portugal e, sem seguida, teve reuniões separadas com o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, e com o vice-presidente do parlamento chinês, Ji Bingxuan.
Bolsonaro já havia conversado por telefone com Orbán em novembro do ano passado. Na oportunidade, ele disse que pretende ser um "grande parceiro" do líder húngaro.
Político de direita, Orbán se destaca, segundo agências internacionais, por discursos xenófobos e por medidas que isolam a Hungria da Europa.
Source: Em reunião com Bolsonaro, presidente de Portugal defende acordo Mercosul-União Europeia

 

Filho do prefeito maluquinho se torna "presidente safadinho" (#forçamoro)

Iniciado por marcosbr

Respostas: 0
Visualizações: 648
Última mensagem 04,Dezembro, 2016, 21:13:44 pm
por marcosbr
Ex-advogado de Trump se declara culpado em tribunal e admite ter comprado silêncio de mulheres por ordem do presidente

Iniciado por noticias

Respostas: 0
Visualizações: 83
Última mensagem 23,Agosto, 2018, 03:02:12 am
por noticias
Presidente Díaz-Canel recebe no aeroporto de Havana médicos cubanos que deixaram Brasil

Iniciado por noticias

Respostas: 0
Visualizações: 106
Última mensagem 25,Novembro, 2018, 03:01:26 am
por noticias
Nicarágua tem greve geral para exigir a saída do presidente Daniel Ortega

Iniciado por noticias

Respostas: 0
Visualizações: 100
Última mensagem 14,Julho, 2018, 21:05:05 pm
por noticias
'Rever acordos de paz com as FARC é um risco para novo presidente da Colômbia', diz historiador

Iniciado por noticias

Respostas: 0
Visualizações: 68
Última mensagem 09,Agosto, 2018, 09:01:25 am
por noticias