'Exercícios da Otan marcam retorno às estratégias da Guerra Fria', diz Rússia

Iniciado por noticias, 28, Janeiro, 2024, 04:52

Tópico anterior - Tópico seguinte

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

'Exercícios da Otan marcam retorno às estratégias da Guerra Fria', diz Rússia


     Declarações do vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Alexander Grushko, são resposta à convocação de 90 mil soldados para série de exercícios da Otan com cenário de 'ataque russo'. Foto de 24 de novembro de 2023 mostra tropas britânicas da Otan em patrulhamento em Jarinje, em Kosovo, na fronteira com a Sérvia
Valdrin Xhemaj/Reuters
O vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia, Alexander Grushko, se pronunciou sobre o maior exercício militar da Otan desde a Guerra Fria. As declarações foram publicadas neste domingo (21) pela agência estatal de notícias RIA:
"Um exercício desta escala marca o regresso final e irrevogável da Otan às estratégias da Guerra Fria, quando o processo de planejamento militar, os recursos e as infraestruturas estavam sendo preparados para o confronto com a Rússia", disse o ministro à agência de notícias estatal RIA.
"Estes exercícios são outro elemento da guerra híbrida desencadeada pelo Ocidente contra a Rússia", disse Grushko à RIA.
Na última quinta-feira, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou que vai convocar 90 mil soldados de países membros da aliança e da Suécia (leia mais abaixo).
O principal documento estratégico da Otan identifica a Rússia como a ameaça mais significativa e direta à segurança dos membros da organização.
Os militares vão participar de uma série de exercícios conjuntos que trabalharão com o cenário de um "ataque russo", segundo o comandante-geral da Otan na Europa, o general Christopher Cavoli.
Moscou e o seu principal diplomata, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, acusam frequentemente o Ocidente de conduzir uma "guerra híbrida" contra a Rússia, apoiando a Ucrânia por meio de ajuda financeira e militar.
Exercício militar da Otan é o maior desde a Guerra Fria.
Kayan Albertin/g1
Segundo a Otan, para o exercício militar serão mobilizados mais de 1.200 veículos de combate:
Ao menos 50 navios, de porta-aviões a destróieres;
Mais de 80 caças, helicópteros e drones;
Pelo menos 1.100 veículos de combate, incluindo 133 tanques e 533 veículos de combate de infantaria.
A Otan, aliança das Forças Armadas de 31 países do Ocidente, entre eles os Estados Unidos, prevê que uma invasão a qualquer um dos membros implica automaticamente em uma resposta de tropas de todos os outros membros do grupo.
Quando invadiu a Ucrânia, em fevereiro de 2022, a Rússia alegou estar se defendendo diante de uma ameaça da Otan, que travava conversas com o governo ucraniano para uma possível entrada do país no bloco.
As negociações foram interrompidas desde então, mas, após a guerra estourar, a Finlândia, vizinha da Rússia e com quem compartilha uma fronteira de mais de 1.300 quilômetros de extensão, decidiu ingressar na Otan.
A convocação recorde da Otan ocorre também no momento em que a Rússia intensificou ataques aéreos a grandes cidades na Ucrânia, em uma tentativa de mostrar força após meses sem conseguir avançar nas linhas de frente de batalha.
Atualmente, soldados russos controlam cerca de 20% do território ucraniano, em áreas no leste e no sul do país.
Entenda o que é a Otan

Source: 'Exercícios da Otan marcam retorno às estratégias da Guerra Fria', diz Rússia
  • Visualizações 5.617 
  • LEIA SEMPRE AQUI!
  • 0 Respostas




Tópicos semelhantes (5)