Você é pai? (hoje é seu dia)

Iniciado por marcosbr, 14Agosto2016, 15:21

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

marcosbr

Em primeiro lugar parabéns a todos os pais!
Mas é preciso discutir certas questões sociais/politicas e familiares...
Dizem que a educação dos filhos, é produto da convivência com a familiar. Sendo assim, um filho de pai traficante deveria ser igual ao pai. Concordam?
Minha experiencia me diz o contrario. Até mesmo um traficante se preocupa com a educação dos seus... (mas não é regra)
Muitos gays (99% dos que conversei) Disseram que preferem que seus filhos sejam héteros sexuais...
Evangélicos me disseram que não se incomodariam de ter filhos em outras religiões, mas dão ensinamento dentro de suas religiões. (pelo menos na infância) e Católicos fazem a mesmo procedimento!

Não é  tema deste assunto discutir o "certo e o errado" mas sim demonstrar que os "pais" geralmente se incomodam com seus filhos!
Existe hora para ser criança, e hora para ser adulto... Vamos respeitar as diferenças?

Temos hoje um assunto em evidencia, a escola sem partido. Certo ou errado?

Esta na hora de mostrar que "você" tem uma opinião... Gostaria que um professor indicasse o caminho que seu filho deve seguir?

Eu particularmente sou contra a "orientação" sexual ou religiosa.
Um professor pode e deve diversificar o tema de sua aula, principalmente recriminando o preconceito religioso e sexual. Aliás... Qualquer preconceito!
Mas jamais orientar ou induzir uma criança/adolescente a participar e concordar com suas convicções!
Nem mesmo o ministério publico deveria intervir, sem saber a opinião da população. Estamos vivendo uma novo tempo, um novo século... Mas não podemos destruir a família!

Leia e entenda. Discuta, opine, compartilhe... Seja o pai do seu filho. Não aceite minha opinião, demonstre a sua!
Aqui esta um trecho da discussão e ponto fundamental de meu apoio:

DEVERES DO PROFESSOR I - O Professor não se aproveitará da audiência cativa dos alunos, com o objetivo de cooptá-los para esta ou aquela corrente política, ideológica ou partidária. II - O Professor não favorecerá nem prejudicará os alunos em razão de suas convicções políticas, ideológicas, morais ou religiosas, ou da falta delas. III - O Professor não fará propaganda político-partidária em sala de aula nem incitará seus alunos a participar de manifestações, atos públicos e passeatas. IV - Ao tratar de questões políticas, sócio-culturais e econômicas, o professor apresentará aos alunos, de forma justa – isto é, com a mesma profundidade e seriedade –, as principais versões, teorias, opiniões e perspectivas concorrentes a respeito. V - O Professor respeitará o direito dos pais a que seus filhos recebam a educação moral que esteja de acordo com suas próprias convicções. VI - O Professor não permitirá que os direitos assegurados nos itens anteriores sejam violados pela ação de terceiros, dentro da sala de aula.

Link completo do documento:
http://www.epsjv.fiocruz.br/sites/default/files/files/PL.pdf

Aqui você encontra a opinião de uma Expert no assunto. procuradora federal dos Direitos do Cidadão:
https://noticias.terra.com.br/brasil/mpf-diz-que-escola-sem-partido-e-insconstitucional-e-impede-o-pluralismo,7b993004fe05509a58fb555ef1f7dcd7vxe8ntdt.html

A palavra final é sua!




Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta. (Chico Xavier)

Similar topics (5)