Prefeito de Nova York desiste de campanha presidencial

Iniciado por noticias, 22Setembro2019, 03:01

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Prefeito de Nova York desiste de campanha presidencial


   Bill de Blasio anunciou em um programa de TV que não vai mais concorrer nas primárias do Partido Democrata em que o candidato à presidência será escolhido. O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, fala durante evento paralelo ao G20, em Hamburgo, na Alemanha, no dia 8 de julho
Sina Schuldt/dpa/AFP
O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, desistiu de sua campanha à presidência dos Estados Unidos nesta sexta-feira (20).
Ele era um dos que pleiteavam ser o nome do Partido Democrata para o posto.
O prefeito dificilmente se qualificaria para a próxima rodada de debates –ele não tinha intenção de votos ou fundos arrecadados exigidos pelas regras para poder participar.
"Sinto que contribuí com tudo o que eu podia para essa campanha primária, e é nítido que não é o meu momento, então eu vou terminar a minha campanha presidencial e seguir com meu trabalho como prefeito de Nova York, e vou continuar a falar pelos trabalhadores", ele disse em uma entrevista a um programa do canal de TV MSNBC.
Ele também disse que vai apoiar o escolhido nas primárias, seja quem for. Ainda há mais de dois anos para o fim de seu mandato como prefeito.
Com o anúncio desta sexta (20), são 19 os democratas que ainda estão no páreo. Os principais são:
Joe Biden, ex-vice-presidente de Barack Obama
Bernie Sanders, senador pelo estado de Vermont
Elizabeth Warren, senadora do estado de Massachusetts
De Blasio é o sétimo pré-candidato que abandona a corrida desde julho. Antes do prefeito de Nova York, já desistiram uma senadora de Nova York, um ex-senador da West Virginia, um deputado da Califórnia e outro de Massachusetts, um ex-governador do Colorado e o atual governador do estado de Washington.
Discussão com Bolsonaro
Em abril, o prefeito de Nova York se envolveu em uma polêmica com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.
O Museu de História Natural da cidade havia se recusado a sediar um evento em que Bolsonaro seria homenageado. Então, De Blasio chegou a pedir a um dos locais escolhidos que não recebesse o presidente por considerá-lo um "ser humano perigoso".
No começo de maio, Bolsonaro cancelou sua ida à Nova York. De Blasio, então, afirmou em uma rede social que o brasileiro "aprendeu do jeito difícil que nova-iorquinos não fecham os olhos para a opressão".
"Nós expusemos sua intolerância. Ele correu. Não fiquei surpreso - 'valentões' geralmente não aguentam um tranco. Seu ódio não é bem-vindo aqui", escreveu.

Source: Prefeito de Nova York desiste de campanha presidencial

Similar topics (5)

TinyPortal 2.0.0 © 2005-2020