Se ligue nos links (22 de dezembro)

Iniciado por noticias, 23Dezembro2018, 21:03

« anterior - seguinte »

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

noticias

Se ligue nos links (22 de dezembro)

[html]https://s2.glbimg.com/H9MpEqehy1G7paSmckpZAds_fVc=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/k/n/gMUqQ3Qo2yLBJ0lAnBmQ/2018-12-19t173459z-567771160-rc1233f8c1b0-rtrmadp-3-usa-trump-syria.jpg" />
    Soldados dos EUA patrulham área durante ação conjunta em Manbij, na Síria, em 1º de novembro
Courtesy Zoe Garbarino/U.S. Army/Handout via Reuters
1) Na Atlantic, Hassan Hassan explica por que retirar as tropas americanas da Síria é um erro e sugere que o presidente Donald Trump deveria ter adotado outra estratégia. No Washington Post, Max Boot argumenta que a medida foi um presente a rivais dos Estados Unidos, como Rússia ou Irã.
2) O Lawfare Blog relembra a história do dossiê preparado pelo espião inglês Christopher Steele com acusações sobre o envolvimento de agentes russos na campanha eleitoral americana de 2016
O presidente Xi Jinping caminha para fazer um discurso durante uma sessão do congresso no Grande Salão do Povo em Pequim, na China
Damir Sagolj/Reuters
3) Na Foreign Policy, Bruno Maçães vislumbra o futuro do planeta quando a China tiver concluído sua iniciativa de infra-estrutura integrando Europa, Ásia e África, conhecida como Um Cinturão, Uma Estrada. Também na Foreign Policy, Tanner Greer desvenda a corrupção e os interesses políticos que tomaram conta do projeto concebido pelo presidente Xi Jinping, cujos erros são também analisados em estudo do Center for Strategic and International Studies.
Líderes da União Europeia participam em outubro do segundo dia da cúpula do Conselho Europeu em Bruxelas, na Bélgica, com foco em migração e segurança interna
Stephanie Lecocq/AFP
4) No Project Syndicate, Richard Haass diz que a Europa foi abandonada por Trump e precisará doravante cuidar sozinha de seus próprios interesses. Também no Project Syndicate, Zali Laidi analisa as perspectivas para as eleições parlamentares europeias de maio de 2019. Ainda no Project Syndicate, Slawomir Sierakowski descreve por que o partido nacionalista Lei e Justiça (PiS), que ocupa o poder na Polônia, deverá ser derrotado nas eleições.
5) No New York Times, Walt Bogdanich e Michael Forsythe contam como a consultoria McKinsey tem sido cúmplice na ascensão e no êxito de regimes autoritários mundo afora.
Soldado da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD) incinera maconha, em Assunção
Jorge Adorno/Reuters
6) Também no New York Times, Ernesto Londoño narra como o tráfico e a guerra entre facções criminosas brasileiras se expandiu para o vizinho Paraguai.
7) Na New York Review of Books, Jacob Heilbrunn desvenda as razões do naufrágio da revista conservadora americana Weekly Standard.
Logotipos das redes sociais Facebook e Twitter em uma vitrine de loja em Málaga, Espanha
Jon Nazca/Reuters
8) No Ribbon Farm, Renee DiResta argumenta que a estratégia dos defensores da imprensa e da democracia nas redes sociais lembra a Linha Maginot francesa na Segunda Guerra, facilmente rompida pelos nazistas. Na Wired, Zeynep Tufecki afirma que apenas uma mudança no modelo de negócios dependente de publicidade levará o Facebook a mudar de comportamento e assumir sua responsabilidade na crise das democracias. No Medium, Jonathan Albright mergulha na organização sombria dos grupos políticos do Facebook.
Sheryl Sandberg, vice-presidente de operações do Facebook, em discurso a alunos da Universidade Harvard
Brian Snyder/Reuters
9) No BuzzFeed, Caroline O'Donovan pergunta o que aconteceu com o feminismo da executiva do Facebook Sheryl Sandberg, que cinco anos atrás pensava em mudar o mundo com seu livro e movimento Lean In, depois parece ter esquecido o assunto.
Cheque dado pelo professor Donald Knuth a quem encontra erros em seus livros, uma das mais almejadas honras na ciência da computação
Rogerio Ruivo/Arquivo Pessoal
10) No New York Times, Siobhan Roberts traça o perfil de Donald Knuth, autor do mais importante livro da ciência da computação, The art of computer programming, comparado aos 80 anos ao personagem Yoda, de Guerra nas estrelas.
11) A New Yorker e a Tablet resenham a nova biografia do arquiteto americano Philip Johnson, nazista até a Segunda Guerra, depois capaz de convencer o mundo de que havia mudado, a ponto de fazer projetos para o recém-fundado Estado de Israel.
Ruínas do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, destruído por incêndio no domingo 3/9
Reuters/Ricardo Moraes
12) A Artsy noticia que o Google fez uma recriação virtual de como era o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, antes de ser consumido em setembro por um incêndio devastador.
Obra 'Les demoiselles d'Avignon', de Pablo Picasso, marco na história da arte
Reprodução/www.moma.org
13) Em entrevista

Similar topics (2)

1343

Respostas: 0
Visualizações: 884

1565

Respostas: 0
Visualizações: 404